Coxas flácidas? Veja como solucionar esse incômodo

Resultado de imagem para coxas mulheres cirurgia

Problema frequente, principalmente para quem passou por grandes emagrecimentos, a flacidez nas coxas é dor de cabeça para várias pessoas. Nesses casos, a gravidade age sobre a pele flácida criando irregularidades, chamadas de celulite gravitacional. Essa é diferente do fibroedema gelóide, que tem diversas causas e incomoda em sua maior parte a população feminina.

 

Existem tratamentos variados para flacidez nas coxas, desde os menos invasivos, à base de cremes tópicos e sessões de radiofrequência, porém com resultados limitados, até as intervenções cirúrgicas, como o lifting.

 

Esse procedimento foca na recessão de excesso de pele no sentido longitudinal, ou seja, ao longo da face interna da coxa. Ainda bastante praticado por ter a maior capacidade de retirada de excessos, principalmente após grandes emagrecimentos.

 

O lifting de coxa é uma cirurgia individualizada, pois uma ou mais situações podem estar presentes no paciente:

  • Apenas excesso de pele na parte superior e interna da coxa
  • Excesso de pele e gordura na parte superior e interna da coxa
  • Excesso de pele e gordura na parte superior e interna e externa da coxa (culote)
  • Excesso de pele e gordura na em toda extensão da coxa

 

É esperada a melhora do contorno e da forma da coxa, ocorrendo em aproximadamente em quatro a seis semanas decorridas da cirurgia. A drenagem linfática pode ajudar a diminuir mais rápido o inchaço.

logomarca

Copyright - claudiosantos.com.br | todos os direitos reservados

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica